nosso
blog

Eficiência Energética: o que é e quais os benefícios?

2 meses atrás

Hoje em dia, muito se fala sobre eficiência energética e sua aplicabilidade no mercado de construção civil, mas poucos sabem o real significado disso, e os impactos que isso pode causar na vida das pessoas.

Nesse post, explicaremos para você o que é Eficiência Energética, e quais os benefícios que ela pode trazer.

O que é Eficiência Energética?

Em resumo, o conceito de eficiência pode ser descrito como “fazer mais por menos”. Na construção civil, nos deparamos com o termo Eficiência Energética que, basicamente, consiste em um conjunto de esforços que visam a utilização racional de energia.

Existem diversas formas de se economizar recursos, e a mais fácil delas é a utilização de fontes de energia renovável, como painéis solares térmicos, que quando instalados na cobertura de edificações, podem reduzir até 60% do consumo de energia para aquecimento de águas.

Também é possível aproveitar melhor as condições climáticas do local, valorizando a ventilação dos ambientes – permitindo a utilização moderada de ar condicionado -, ou permitindo a maior entrada de radiação solar.

Entretanto, deve-se levar em consideração o fato de que a eficiência não está relacionada à fonte geradora de energia, mas à taxa de consumo.

Quais são os benefícios?

Existem diversas vantagens consequentes da Eficiência Energética. Além de fazer bem ao meio ambiente, por diminuir o consumo de recursos naturais, também impacta positivamente as contas pagas pelos consumidores mensalmente.

Vamos utilizar um exemplo prático. Considere um edifício projetado e construído pela Lantar, como o Smart, que possui Selo A de Eficiência Energética. Este selo indica que, através da utilização consciente dos recursos, o proprietário gastará menos com energia elétrica, água e, consequentemente, condomínio.

E aí?
Entendeu o que é Eficiência Energética? Veja isso sendo aplicado na prática. Conheça o Smart Morom Residence, que é o primeiro edifício do Rio Grande do Sul com Selo A de Eficiência Energética nos apartamentos e áreas comuns.

APARTAMENTOS COM ECONOMIA DE ATÉ 50% DE ENERGIA E ECONOMIA DE 20% DE ÁGUA

  • A localização que permite uso reduzido de veículos;
  • Revestimentos em tonalidades claras a fim de diminuir a transmitância térmica do meio externo para o interno;
  • Esquadrias dimensionadas para aproveitar ao máximo a iluminação e ventilação natural, além de, contar com vidros com 33% de filtro contra raios UV;
  • Persiana embutida com isolamento térmico;
  • Apartamentos com aquecedor de passagem à gás;
  • Torneiras, lavatórios e chuveiro com aerador, dispositivo que reduz a vazão de água;
  • Bacias sanitárias instaladas com sistema dual-flux 3 e 6 litros de descarga;
  • Ventilação cruzada nos apartamentos;
  • Espera para Split com espaço apropriado para os condensadores externos.

Leia mais sobre a importância da ventilação cruzada neste outro post do nosso blog.

CONDOMÍNIO COM ECONOMIA DE ATÉ 50% DE ENERGIA E ECONOMIA DE ATÉ 80% DE ÁGUA

  • Luminárias condominiais com nível A de eficiência energética pelo INMETRO, além de contarem com sensores de presença e temporizadores;
  • Os elevadores do condomínio contém sistema para economia de energia com o acionamento individual;
  • O hall de entrada e os halls dos apartamentos contém iluminação natural direta, diminuindo a necessidade de uso de iluminação artificial;
  • O condomínio conta com armazenamento de água da chuva, que pode ser reutilizada para lavagem das garagens e áreas externas do empreendimento;
  • Equipamentos do salão de festas nível A (geladeira, fogão, ar-condicionado, etc.);
  • Elevadores com eficiência nível A;